Bastille sobre clipe de 'Oblivion': "Gostamos de ver as pessoas criarem suas próprias interpretações"


Em entrevista ao site Digital Spy, os membros falaram não só sobre a série Game of Thrones e a participação da atriz Sophie Turner, como também do lançamento do seu novo clipe e as impressões que deixaram nos fãs.

Entrevistadora: Vocês são grandes fãs de Guerra dos Tronos?
Dan: Nós assistimos a série anos atrás e só o Woody continuou assistindo, então quando descobrimos que a Sophia ia estar no vídeo eu fiquei tipo "merda, eu tenho que me atualizar! Então, eu fiz uma maratona das quatros temporadas nos últimos dois meses. Eu sinto como se vivesse em aonde quer que eles vivem... Terra Média. Eu sinto como se estivesse lá parte do tempo... Eu fecho meus olhos e vejo...
Chris: Peitos e sangue.
Dan: Eu vejo...
Will: Mulheres peladas e dragões.
Dan: *Risadas* É. É muito estranho quando você se envolve. Numa forma muito triste, é o equivalente moderno a ler, você se mergulha completamente por tanto tempo que quando acaba você quase sente saudade dos personagens.

Entrevistadora: Se você tivesse que me morrer no estilo de Guerra dos Tronos, como seria?
Dan: Ah, cara! Eu teria minha cabeça arrancada por um dragão e o resto do meu corpo queimado por suas chamas.
Kyle: Temporada um: Decapitado.
Dan: Ah, a decapitação clássica.
Will: Bom, parece ter muitas orgias, então acho que eu vou morrer em uma.
Kyle: Ah, não! Eu quero a sua! Talvez a cabeça arrancada em uma orgia... Agora nós estamos falando!

Entrevistadora: Parece que o novo vídeo dividiu opiniões entre os fãs.
Dan: Sim! Acho que as pessoas ficaram apavoradas ao verem uma outra pessoas cantando uma de nossas músicas.
Kyle: É um pouco arrepiante no começo, eu acho. Minha [interpretação] favorita - a única que eu li - é que nós estamos todos mortos, assim direto. "Eles estão todos mortos".
Dan: Eu acho que com os vídeos tem muito planejamento e pensamento por detrás deles. Mas quando nós os montamos, eu meio que gosto da ideia de que são partes acompanhantes da música - eles não estão tentando explica-las, só 'sentar-se' ao lado delas. Os tipos de filme que eu amo são aqueles que são potencialmente inexplicáveis. Nós gostamos de liberar os vídeos, ver a reação das pessoas e deixar elas criarem suas próprias interpretações. Eu sempre fico fascinado vendo como as pessoas interpretam e se conectam com eles e é bem legal provocar isso nas pessoas. É muito satisfatório ver as pessoas se engajando e conectando com os clipes.


Tradução: Julia (Bastille Brasil)
Bastille sobre clipe de 'Oblivion': "Gostamos de ver as pessoas criarem suas próprias interpretações" Bastille sobre clipe de 'Oblivion': "Gostamos de ver as pessoas criarem suas próprias interpretações" Reviewed by Adm on 10:48 Rating: 5

Nenhum comentário