Dan Smith: "Quero que nossos álbuns sejam como os filmes de Quentin Tarantino"


Dois meses após o lançamento do 'Wild World', Dan Smith concedeu uma entrevista para o site hmv.com e falou sobre o segundo álbum do Bastille!


Você está satisfeito com a reação do público sobre o álbum?

"Os fãs foram ótimos. Estávamos nervosos, tivemos alguns anos entre os álbuns e tentamos muitas coisas diferentes, então não sabíamos o que as pessoas pensariam quando ouvissem o álbum. As pessoas têm abraçado todos os diferentes sons e isso é ótimo."



Teve um momento em particular onde tudo entrou em foco?

"Há uma música chamada 'Warmth', que eu escrevi depois de assistir as notícias e ter essa percepção de como tudo está fodido, e essa música realmente definiu o álbum. Trata-se de tentar encontrar o seu lugar no mundo e onde você se encaixa. Nós realmente construímos o álbum em torno dessa música e decidimos que queríamos que esse álbum fosse diverso e que parecesse mais com uma trilha sonora ou mixtape. Não havia regras."



Grande parte do primeiro álbum foi feita por conta própria. Foi bom ter a banda mais envolvida dessa vez?

"O primeiro álbum foi escrito e gravado em um laptop no meu quarto. Foi muito importante para mim ter os meninos tão envolvidos como eles queriam. Temos um estúdio maior, todos os instrumentos foram montados e nós trabalhamos todas as músicas do início ao fim. Foi bom se sentir como uma banda adequada dessa vez."
 



O álbum tem um tema lírico? 
 
"Definitivamente tem um tema no álbum, mas cada música é uma história diferente. Eu me senti muito mais confiante dessa vez e eu acho que você pode ouvir isso nas palavras. Eu quero que nossos álbuns sejam como os filmes de Quentin Tarantino: sempre o mesmo diretor, mas gêneros diferentes. Muitas músicas do nosso primeiro álbum foram bem pessoais, mas nós também usamos histórias antigas famosas, como em 'Icarus' e 'Pompeii'. 'Wild World' é muito mais enraizado nos dias de hoje."
Dan Smith: "Quero que nossos álbuns sejam como os filmes de Quentin Tarantino" Dan Smith: "Quero que nossos álbuns sejam como os filmes de Quentin Tarantino" Reviewed by Adm on 15:39 Rating: 5

Nenhum comentário