Vídeo de 'Blame': explicações e teorias


Os fãs de Bastille gostam de analisar seus vídeos e procurar mensagens escondidas, significados e simbologia. O mais recente vídeo da banda, 'Blame' - dirigido por Elliott Sellers, não é um exceção. Mas o clipe, que foi lançado no início da manhã de 15 de dezembro, pode ser o mais confuso que a banda já lançou até agora.



O site Heavy.com separou algumas teorias e explicações de fãs e nós traduzimos abaixo:



Vale a pena apontar alguns aspectos do vídeo antes de apresentar as teorias. Primeiro: aparentemente pode haver pelo menos três diferentes "salas" onde os eventos estão ocorrendo e, possivelmente, pelo menos dois períodos de tempo diferentes. Há o quarto com cadeiras de metal e uma grande estrutura preta no centro que abriga uma tigela de água e um estranho par de lábios pretos que todos beijam.



Há outra sala com um círculo de cadeiras de metal e nenhuma estrutura no centro. Nesta sala, todos sentam calmamente, enquanto seus olhos são brancos e eles aparentemente são possuídos por algo.



Há uma terceira sala. Esta é a sala com um círculo de cadeiras verdes e um pódio branco no centro que abriga uma tigela clara de água. Essa tigela também tem os lábios pretos estranhos. As pessoas dançam animadas, assim como na sala com o "pódio" preto.



Você pode deduzir um pouco do que está acontecendo com base no que o personagem principal está vestindo. No início do vídeo, ela está usando o vestido laranja. Ela só usa esse vestido laranja quando está na sala com o altar branco.



O personagem principal está usando um vestido preto na sala com o pódio preto e na sala vazia. É possível que estamos vendo pessoas sendo mentalmente transportadas de sala em sala, algum tipo de projeção astral. Também é possível estarmos olhando para dois períodos de tempo diferentes (com base nos carros se movendo para trás em duas cenas). Podemos também presumir que uma "entidade" está transformando e controlando suas ações no mundo exterior. Existem muitas interpretações possíveis.



O tempo também é digno de atenção, caso possa fornecer pistas. Quando ela (personagem principal) entra pela primeira vez na sala, no início, o vídeo corta para uma cena mostrando carros se movendo para trás (em 00:58). Portanto, é provável que vamos voltar no tempo durante algumas partes do vídeo. Depois disso, ela acorda, recebe uma mensagem e o telefone diz "02 de dezembro às 3:02".  Mais tarde no vídeo, vemos um relógio e são pelo menos algumas horas mais tarde.



Alguns fãs teorizam que é mais sobre "beijar mentiras e ignorar a realidade". Nós nos contentamos e escondemos da verdade como pessoas possuídas, beijando o "mal do mundo" ao invés de enfrentá-lo de frente.



Outros fãs estão dizendo que é uma crítica à mídia e à tecnologia. O telefone toca com uma notificação e deixamos isso nos controlar. Recebemos mensagens e seguimos cegamente o que nos dizem. Outros fãs acham que é mais sobre como culpamos a mídia por tudo, mas realmente estamos no controle de nossas próprias ações o tempo todo.



Larissa R. contou no YouTube uma teoria fascinante que pode estar correta. Ela disse que a culpa ("Blame") é nossa forma de adoração, essencialmente. As pessoas tendem a culpar os outros, Deus, ou os meios de comunicação por sua desgraça. No vídeo, as pessoas beijaram a água, mas continuaram com sede e não podiam beber. Eles tiveram que implorar por uma gota de água do homem segurando o frasco. Desta forma, a culpa se torna uma religião. Você bebe dela e pensa que ela está libertando você, mas na verdade está apenas escravizando você no final.

Vídeo de 'Blame': explicações e teorias Vídeo de 'Blame': explicações e teorias Reviewed by Adm on 13:08 Rating: 5

Nenhum comentário