Coisas que aprendemos sobre Bastille quando a banda esteve no 'Breakfast Show' da BBC Radio 1


Na manhã desta terça-feira (10/01), Dan e Kyle participaram de um pate-papo com Nick Grimshaw, no programa 'Breakfast Show' da BBC Radio 1.

O programa separou curiosidades que os meninos revelaram durante a entrevista. Confira:


Eles odeiam ouvir suas músicas na rádio
"Nós normalmente odiamos ouvir nossas músicas," disse Dan após ouvir o apresentador tocando as músicas do Bastille.

"Tivemos uma folga no Natal, voltamos e lembramos que temos um trabalho e fizemos algumas coisas."

Eles ainda gostam de estar no Bastille, o que é uma ótima notícia para os fãs
"É, sem dúvida, o melhor trabalho do mundo", disse Kyle.  "É difícil pensar que você está tendo um dia ruim, porque você tem que viajar para algum lugar bonito e tocar música para as pessoas."

"Nós trabalhamos muito e estamos longe grande parte do tempo e isso é muito difícil", acrescenta Dan.


Seus shows estão melhores, agora que eles têm músicas suficientes para preencher uma setlist
"É muito divertido tocar músicas novas", disse Dan sobre a turnê atual, 'Wild, Wild World Tour'.

"Nós passamos três anos com o 'Bad Blood', e as coisas ficaram cada vez maiores e estávamos tocando uma hora e meia, mas o nosso álbum tinha apenas 45 minutos de duração - então o que iríamos fazer com os outros 45? É bom poder escolher agora."

O shows são mais bonitos também
E mesmo que você ache Bastille um lixo, Kyle contou que eles passaram tanto tempo trabalhando no visual, que todos vão gostar do show.

"Mesmo que você não goste da música, é bonito", diz ele.

"Se você já viu um de nossos shows, tudo, exceto o visual, parece um acidente", acrescenta Dan.


Esteja avisado que se você encontrar Bastille na rua, eles têm grandes expectativas dos fãs
"Primeiro de tudo, nós amamos um mortal", diz Kyle.

"Então, se você puder fazer um mortal pra trás, você estará na lista dos melhores imediatamente."

A pessoa mais desconfortável em um M&G do Bastille é, provavelmente, um membro da banda
Não se preocupe se o seu backflip não for satisfatório, isso provavelmente só iria fazer a banda se sentir mais constrangida de qualquer forma.

"Eu acho estranho quando alguém fica muito emocionado, mas de certa forma é uma honra", disse Dan.

"Nós somos os mais embaraçados. Então, aconteça o que acontecer, você nunca vai ficar tão embaraçado quanto nós."

É seguro dizer que eles estão animados para tocar no mesmo festival que Beyoncé
Recentemente, Bastille foi confirmado no Coachella em 2017, e eles estão bem satisfeitos por estar na mesmo line up que Beyoncé.

"Como um grande fã de música, eu estou insanamente animado para estar lá. Estamos tocando no mesmo dia que Beyoncé, algo que não podemos dizer com frequência", disse Dan.


A banda tem experiência anterior de perder a calma na frente da Beyoncé
Isso acontece toda vez que eles vêem ela.

"Quando estávamos no Coachella na última vez, Solange cantou 'Losing You' no final de seu seu show e Beyoncé apareceu e começou a dançar com ela. Eu enlouqueci", disse Dan.

"Eu estava na mesma tenda que Beyoncé e ela estava dançando, como ela faz."

Eles não se atrevem a lançar música no mesmo dia que Ed Sheeran
Apesar de ser uma das maiores bandas no Reino Unido, Bastille ainda não quer gastar suas chances nas paradas contra gente como Adele ou Ed Sheeran.

"Você não quer competir com um álbum de Adele ou Ed Sheeran", disse Dan. "Acho que Ed não tem nada com que se preocupar, ele é (a versão masculina da) Adele."

"Se ele se preocupa com isso, então o que vamos fazer?"

Coisas que aprendemos sobre Bastille quando a banda esteve no 'Breakfast Show' da BBC Radio 1 Coisas que aprendemos sobre Bastille quando a banda esteve no 'Breakfast Show' da BBC Radio 1 Reviewed by Adm on 16:33 Rating: 5

Nenhum comentário